top of page

Saúde mental na gestação

Sabemos como o momento da gestação é muito importante na vida da mulher, cheio de novidades, dúvidas e transformações (físicas, mentais e emocionais). Talvez lidar com o misto de emoções, expectativas e mudanças em vários aspectos da vida durante a gestação seja um desafio e é muito importante acolher os sentimentos que afloram.


Existem muitas crenças em relação à gestação e talvez você não se “encaixe” nelas. E tudo bem, afinal, cada gestação é única e vivenciada de maneira muito individual. Lembre-se que estereótipos podem nos “aprisionar”. Quando cuidamos do corpo e mente durante a gestação estamos cuidando de 2 ou mais seres. Afinal a ligação entre mãe e bebê(s) é incontestável e pode ser verificada em vários estudos.


Se você é gestante, perceba como estão suas emoções e sentimentos neste momento da sua vida. Se há algo que incomoda, reserve um tempo do seu dia para fechar os olhos e perceber quando ou em que situações isso acontece. Se possível, vá se distanciando da situação (mentalmente), e perceba outras estratégias para lidar com esses momentos.


Pense em quais momentos você se sente mais leve e tranquila, e reserve um tempo do seu dia para fechar os olhos, relaxar e pensar nesses momentos, sentir essas sensações agradáveis e se preencher desses bons sentimentos e emoções. Aproveite para criar uma âncora de boas emoções. Enquanto relaxa e se preenche de sensações positivas aperte suas mãos ou faça um movimento para deixar esse momento “impresso” no corpo. Utilize o movimento quando achar importante para resgatar essas sensações.


E quando o relaxamento mental ou corporal não acontece?

Podemos começar pela respiração pois ela leva informações para o cérebro de como estão suas emoções facilitando o relaxamento. Respiração mais lenta, informa que está tudo bem, tudo calmo.

Fique em uma posição confortável. Utilizando a respiração diafragmática, exale todo o ar dos pulmões, coloque uma mão na barriga e outra no peito e, ao inspirar pelo nariz sinta sua barriga e pulmões se expandirem e expire pela boca em 10 tempos da seguinte maneira:

1 e 2 (inspirando pelo nariz) – 3 e 4 (segure o ar) – 5, 6, 7 e 8 (expirando pela boca) – 9 e 10 (sem ar) – inicie o processo novamente.

Repita o processo 5 vezes e veja como o relaxamento acontece.


Estimular o sistema parassimpático (relaxamento) aumenta a coordenação das contrações uterinas. Ou seja, se você exercitar o seu relaxamento irá te ajudar muito na preparação para o parto.


Busque ferramentas que se encaixam na sua rotina e com as quais você se identifique. Meditação, autohipnose, mindfulness, psicoterapia são ótimas opções de trabalhar positivamente a mente. Conversar e trocar experiências com pessoas que estão gestantes, ou que já passaram pela experiência, é uma ótima maneira de criar uma rede de apoio.

Lembrando que é importante buscar pessoas que irão te ouvir e acolher de maneira genuína.


Sabemos como o momento da gestação é importante na vida da mulher, cheio de novidades, dúvidas e transformações. Na Make Move Mind temos o curso “GESTAÇÃO SEM NEURAS”, que foi elaborado por 2 profissionais que também são mães. Nosso principal objetivo é que a sua jornada seja leve e estaremos sempre perto e acessíveis. Apesar do curso ser 100% online estamos disponíveis para qualquer dúvida ou comentário que tenha durante todo o curso.


Segue link do curso “GESTAÇÃO SEM NEURAS” com mais informações:


Esperamos que você tenha uma ótima gestação!!!


Andrea Felis

@makemovemind

4 visualizações

Posts Relacionados

Ver tudo

Commentaires


bottom of page